Novidades sobre o Fies como conseguir o fies 2016, dicas sobre o fies

As novidades sobre o Fies 2015 foram divulgadas no Diário Oficial da União ainda em dezembro de 2014 e para quem ainda não sabe esse é um financiamento fornecido ao estudante que lhe dá direito a cursar toda a faculdade e começar a pagar apenas após o término do curso.

Entre as novas regras agora o aluno contemplado com o Fies não poderá mais usá-lo com o Prouni para cursos distintos e ainda só terá o direito aos dois benefícios se o Prouni for parcial, assim ambos os benefícios deverão ser usados para cobrir as despesas de um mesmo curso.







dicas sobre o fies

Além disso, agora o aluno para ser contemplado com esse financiamento deverá alcançar a média aritmética de 450 pontos na prova do ENEM e que não tenha zerado na prova de redação. Para maiores informações acesse o link sobre o Fies.







Como conseguir o Fies 2016

Você que quer saber como conseguir o Fies 2016 o candidato precisará passar por um teste seletivo, mas ante é preciso se cadastrar quando então será analisada a sua condição financeira e esse cadastro pode então ser feito em qualquer data, é só acessar o site respectivo.

Após o cadastramento é só esperar pela avaliação para saber da sua possibilidade de fazer ou não o financiamento e para saber das faculdades que participam do programa basta consultar o mesmo site para escolher a cidade e estado onde pretende cursar a faculdade.

Além do cadastro o candidato ainda precisará se aplicar para tirar uma boa média no ENEM, pois de acordo com as novas regras, agora é preciso ainda conseguir no mínimo 450 pontos e não zerar na prova de redação para se classificar.

Dicas sobre o Fies

Entre as dicas sobre o Fies para se conseguir esse financiamento devemos lembrar ao candidato que agora com as novas normas existem dois prazos de inscrição para o mesmo, uma no primeiro semestre do ano e outra no segundo semestre e é preciso ficar atento a essas datas.

Além disso, é preciso já estar matriculado em uma faculdade que participa do programa do Fies que são todas reconhecidas pelo MEC e os candidatos que podem participar devem ter uma renda familiar bruta de até 2,5 salários mínimos por pessoa com comprovação.

Mesmo quem tem a bolsa parcial do Prouni poderá tentar o Fies financiando a outra metade do curso, e nunca para financiar um curso paralelo e a soma dos dois benefícios não poderá ultrapassar os encargos educacionais com o desconto.